A sobrecarga nas instalações elétricas é um problema enfrentado em muitos imóveis, que prejudica o bem estar e a qualidade de vida dos moradores. Este tipo de dano acontece por causa do excesso de eletrodomésticos e eletrônicos que conectados a rede.

Um estudo realizado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) comprovou que a sobrecarga das instalações elétricas acontece com mais frequência do que se imagina. Das 45 pessoas entrevistadas na pesquisa, 40 afirmaram que o desarme do disjuntor ou a queima do fusível ocorriam com a utilização normal da rede, sendo a falta de uma adequação da rede elétrica o principal motivo. sobrecarga-instalações-elétricas

Durante o inverno a incidência de sobrecargas é maior porque muitos dos aparelhos usados nessa época demandam mais corrente elétrica, como é o caso de aquecedores, chuveiros e outros equipamentos voltados para o controle térmico.

Confira a seguir algumas dicas para evitar transtornos:

  • Qualquer sinal de que há algo errado com as instalações deve ser levado a sério. Se fios e cabos apresentarem sinal de aquecimento, procure imediatamente um profissional qualificado para solucionar o problema.
  • A sobrecarga de energia pode ser evitada ao reduzir o número de extensões e benjamins em casa.
  • Construções mais antigas têm maiores chances de sofrer com a sobrecarga de energia, por isso é recomendado realizar uma reforma no sistema elétrico a cada cinco anos. Esta avaliação permite diagnosticar e resolver problemas.
  • Certifique-se de que eletrodomésticos e eletrônicos sejam compatíveis com a intensidade de corrente elétrica suportada pelas instalações.

Fonte